Nota sobre o livro Poesia 1959-1967 (Livraria Sal) de Hilda Hilst

Autor

Leo Gilson Ribeiro

Resumo
O Estado de São Paulo, 1967. Aguardando revisão.

Uma edição sóbria, de bom gosto, para uma importante poetisa. Hilda Hilst não está nas coluninhas sociais nem frequenta as odiosas igrejinhas pseudoliterárias. È uma artista séria, profunda, uma artesã severa da palavra, recolhida a um claustro da especulação poética. Como as tecelãs da Idade Média, ela pouco a pouco tece sua colorida tapeçaria lírica: “Roteiro do Silêncio” (1959), “Trovas de Muito Amor” (1960), “Testamento Lírico”, “Sete Cantos do Poeta para o Anjo” (1962) até os mais recentes “Corpo da Terra” e “Corpo de Luz”.

Sua inspiração – como a da grande parte dos poetas novos brasileiros – apoia-se no manancial inesgotável de Rilke, mas aproxima-se também muito de Nikos Kazantzakis, o esplêndido romancista grego, autor de Zorba, o Grego e da Última Tentação de Cristo, seus temas são as sete notas da lira poética, imutável em todos os tempos: a solidão, a terra, o amor, Deus, a morte, o sonho, a saudade, a alegria, a tristeza, a luz, o desencanto, a chaga, o pranto. Seus versos estão engastados nos seus mosaicos poéticos arquitetados geometricamente, com inteligência, sabedoria, ritmo, precisão. Perdem muito fora de seu contexto; reluzem, fortes, no próprio texto. É ao texto dessa poetisa realmente importante, irmã intelectual de Henriqueta Lisboa e de Cecília Meireles que remetemos ao leitor que ama a poesia, esse canto metade céu, metade terra.

Reuso

Citação

BibTeX
@incollection{gilson ribeiro2021,
  author = {Gilson Ribeiro, Leo},
  editor = {Rey Puente, Fernando},
  title = {Nota sobre o livro Poesia 1959-1967 (Livraria Sal) de Hilda
    Hilst},
  booktitle = {Os escritores aquém e além da literatura: Guimarães Rosa,
    Clarice Lispector e Hilda Hilst},
  series = {Textos Reunidos de Leo Gilson Ribeiro},
  volume = {2},
  pages = {undefined},
  date = {2022},
  url = {https://www.leogilsonribeiro.com.br/volume-2/3-hilda-hilst/00-nota-sobre-o-livro-poesia-1959-1967-(livraria-sal)-de-hilda-hilst.html},
  doi = {10.5281/zenodo.8368806},
  langid = {pt-BR},
  abstract = {O Estado de São Paulo, 1967. Aguardando revisão.}
}
Por favor, cite este trabalho como:
Gilson Ribeiro, Leo. (1967) 2022. “Nota sobre o livro Poesia 1959-1967 (Livraria Sal) de Hilda Hilst .” In Os escritores aquém e além da literatura: Guimarães Rosa, Clarice Lispector e Hilda Hilst, edited by Fernando Rey Puente, 2:undefined. Textos Reunidos de Leo Gilson Ribeiro. https://doi.org/10.5281/zenodo.8368806.